junho 4th, 2010 | Sem Comentários »

Esta semana vamos conhecer um pouco mais esta pessoa especial em nossa cidade, que recentemente recebeu o Troféu Luiz Issa como Mulher Destaque de Vespasiano de 2005, formada em comunicação com habilitação em jornalismo e pós em marketing político, Vanessa Arruda.

1 – Quanto tempo de Laboratório São Lucas em nossa cidade e foi aqui que tudo começou?
R- há dezoito anos atrás cheguei em Vespasiano, a convite do meu pai, para administrar o Laboratório. Na época era secretária de diretoria do hospital Mater Dei e não hesitei em largar tudo e começar uma nova etapa. Três meses depois meu pai faleceu. Eu e meu irmão, Ronaldo Arruda, assumimos a empresa como um todo. A experiência foi gratificante e a partir daí Vespasiano e o Laboratório São Lucas tornaram-se parte integrante de minha vida. O mais interessante é que crescemos juntos, eu e o Laboratório São Lucas!

2 – Sua opinião sobre família
R- É a base de tudo. A essência da vida. Contudo, falta à própria família da atualidade se conscientizar de seu verdadeiro papel e de sua importância na construção de nossos jovens, de nossa cidade …

3 – Em Vespasiano e em todo Brasil só aumenta o número de gravidez na adolescência. Onde está a causa que motiva este crescimento?
R- Acredito que são várias as causas. Na mídia que ao invés de exercer seu verdadeiro papel de utilidade pública e de formadora de opinião, se deixa levar por outros interesses. O que entra em nossas casas, principalmente através da televisão, é sexo explícito e permissivo, é filho agredindo pais e avós, roubos, falcatruas, artistas engravidando e endeusando uma situação que, sem sombra de dúvida, não é a mesma que vivemos … Enfim, nocivos valores que induzem a moçada achar tudo muito natural, muito comum.
Outra parcela de responsabilidade recai sobre os pais. Hoje não há limites para nada. Os pais não se impõem, não ensinam que em casa também existe hierarquia e esta deve ser respeitada. Não dividem tarefas em casa. Não sabem nada sobre seus filhos, com quem saem, onde estão e por aí vai…
Também há uma acentuada descrença. A maioria dos jovens não procuram Deus e não O tem como referencial para seus comportamentos. Ele foi substituído pelo deus dinheiro, deus drogas, deus carro. Infelizmente.
E por último a situação econômica de uma maneira geral. Desemprego, falta de perspectivas, de oportunidades e de esperança…

4 – O que você diria sobre a nossa Vespasiano?
R- Adotei Vespasiano como minha cidade há muito tempo. Costumo até brincar ao dizer que sou embaixadora da cidade, pois em congressos, cursos ou palestras levo Vespasiano para todos os cantos. E com que prazer!
É uma cidade com grande potencial. Se forças forem somadas poderá se tornar um grande município. E que assim seja!

5 – Um sonho realizado.
R- Como sou muito abençoada por Deus, posso dizer que são muitos os sonhos realizados. Desde a realização profissional até às conquistas de pequenas coisas materiais. Assim como, a graça de ser parte de uma família muito unida, amada e animada. De saber o verdadeiro significado da amizade e ter uma extensa lista de amigos, por exemplo.

6 – Sabemos que há muitos anos o Laboratório São Lucas recebe o  Troféu Luiz Issa _como destaque em seu segmento. Além disso, também recebeu o Certificado Prata de Excelência Laboratorial. Fale pra gente os caminhos e os desafios pra conseguir esta qualidade total.
R- A área de saúde é uma área árdua. É de uma responsabilidade tremenda, onde o ditado popular  errar é humano não cabe dentro de nossas atividades. O maior problema é que a tabela na área de saúde não sobe há 12 anos. Quando o salário era R$70,00 os nossos preços eram os mesmos e hoje quando o mínimo vai para R$350,00 os nossos preços ainda sãos os mesmos! Contudo, o amor à profissão, o empenho de toda a equipe sobrepõem todos os desafios. A resposta vem das pesquisas de opinião pública que coloca o Laboratório São Lucas como o melhor da cidade.É muito gratificante e compensa todo e qualquer sacrifício. Além disso fazemos parte do Programa Nacional de Controle de Qualidade que monitora e avalia mensalmente todos os laboratórios brasileiros. Esta avaliação, há seis anos, tem sido sempre  excelente , o que quer dizer que temos trabalhado dentro das normas de qualidade exigidas e que estamos no mesmo patamar dos grandes laboratórios.

7 – Fale um pouco sobre seu cotidiano
R- Trabalho no Laboratório durante o dia, escrevo algumas matérias para jornais, cuido com carinho de meus filhos, freqüento o Cruzeiro onde tenho boas amizades e adoro livros. Atualmente estou lendo Código da Vinci de Dan Brown.

8 – Política no Brasil funciona?
R- Claro que funciona! O que não funciona são os que fazem a política de forma errada.

9 – Comente um pouco sobre a palavra esperança.
R- Há uma versão na mitologia grega sobre a esperança: Júpiter criou Pandora, pois até então a mulher não havia sido criada; afim de castigar Prometeu e a seu irmão por terem roubado o fogo do céu. Epimeteu, irmão de Prometeu recebeu a mais bela mulher em sua casa, onde guardava uma caixa com certos artigos malignos. Pandora foi tomada por intensa curiosidade e destampou a caixa de onde escapou e se espalhou por toda a parte uma multidão de pragas que atingiram ao homem, tais como a gota, reumatismo e a cólica para o corpo. A inveja, o despeito e a vingança, para o espírito. Pandora apressou-se em tampar a caixa, mas infelizmente escapara todo o conteúdo da mesma, com exceção de uma única coisa que ficara no fundo e que era a esperança.
Assim, sejam quais forem os males que nos ameacem, a esperança não nos deixa; e, enquanto a tivermos, nenhum mal nos torna inteiramente desgraçados.

Agora, vamos contextualizá-la?

10 – Recado para galera que curte a xpromoções.

R- Acredito que o temperamento, comportamento e até mesmo os corações das pessoas são ditados pelos mais diversos interesses. No entanto, é interessante observar que os jovens são mais firmes e deteminados. Portanto, não se deixem levar pelas propagandas e não se tornem consumistas. Não deixem a mídia ditar o comportamento de vocês. Curtam a vida de maneira que valha à pena, mas pensando nas conseqüências. A força que todos têm dentro de si pode ser usada de forma a favorecê-los e isto é o mais importante! Sejam sempre felizes e… responsáveis.
De coração.

Categoria: Entrevistas

Últimos Posts