março 10th, 2016 | Sem Comentários »

Imagem da Presidente

Vivenciamos uma crise econômica sem tamanho que me faz lembrar a época do Sarney. O Presidente José Sarney assumiu a presidência da República em 1985, logo após a morte do Tancredo Neves. Foi o primeiro presidente civil a tomar posse após vinte anos de ditadura militar. Foi uma época difícil para os brasileiros, de grande inflação e com preços variando diariamente.
Trinta anos depois outra crise econômica chega avassaladora. O tamanho da crise e a forma que irá influenciar nossos salários e os negócios já vêm sendo percebida por nós, povo leigo, nos supermercados e em todos os setores. Nosso dinheiro não dá pra nada. Os técnicos economistas já previam esta catástrofe desde a campanha presidencial de 2014.
Dizem os especialistas que a crise tende a agravar ainda mais devido a falta de credibilidade do governo brasileiro que insiste apenas na volta da CPMF (imposto sobre movimentação financeira) como solução. Soma-se a isso a má relação com o Congresso, recursos desviados para a corrupção e a insistência dos governantes em declararem que está tudo bem. Ou seja, incompetência e inércia.
A previsão é que o dólar chegará a R$4,50. “O dólar alto puxará para cima a inflação (11%), o que irá diminuir o poder de compra das pessoas”. Tais perspectivas afastam investimentos estrangeiros e fazem com que não haja crescimento do País. Como consequência o índice de desemprego deverá chegar a 12%.
Para piorar a situação temos uma epidemia de dengue, zika e chikungunya. Hospitais com superlotação, falta de materiais e medicamentos, profissionais da saúde exaustos e pouco valorizados.
A crise econômica não poupa ninguém e afeta todos os setores agravando o que já era ruim no Brasil, ou seja, a saúde, a educação e a segurança. Não gostaria de estar no lugar da Presidenta Dilma. Como primeira mulher a ser presidente deveria ter prezado mais a imagem da mulher que faz a diferença, assim como milhares de brasileiras que são guerreiras. Infelizmente ficará associada à incompetência, à má administração, à ingerência política e lembrada como aquela que levou o país à miséria.

Categoria: Sem categoria

Últimos Posts