dezembro 3rd, 2013

Casa com flor é casa com amor

Chegada a primavera, é hora de ouvir a voz das flores e tornar o coração florido. Plante o bem e o resto vem, elas dizem

Dona Francisca faxineira é do tempo em que as flores falavam. Para ela, as flores só abrem a boca para abençoar. Além disso, acha bom tê-las em casa por que o mal não gosta de flores. Já me convenceu. Mas como entender a fala de cada planta ou flor? Basta escolher bem a rima. As flores sabem escolher a palavra.

E assim dona Francisca foi ensinando. Acácia diz ‘audácia’ (é flor vistosa, transmite confiança). Laranjeira fala ‘faceira’ (o aroma alegra os sentidos). margarida se mostra ‘incontida’ (espalha fácil, é espontânea); amor-perfeito sorri ‘satisfeito’ (tem forma de coração feliz). Menta diz ‘reorienta’ (o aroma clareia a mente).
No modo bem mineiro de enfatizar que a inspiração é forte esta senhora ainda ensinou a entender cada flor. É só olhar o feitio, gente! A bungavília parece um casulo? Então fala ‘te protejo’. O copo-de-leite é como um cálice? Diz ‘seja aberto a receber’. o beijo-de-frade lembra um cata-vento? Ordena ‘pra frente!’ As flores da hortênsia nascem bem juntinhas? Cantam em coro ‘bem-querer’.

Enquanto proseia, Francisca achou de escolher manjericão e flores-do-campo para pôr detrás da porta e chamar a alegria de primavera.

De curioso, perguntei se tem uma flor melhor para a casa. É a rosa, ela me respondeu sem pestanejar e ainda explicou que a rosa já apareceu no coração de Maria. Nossa flora é a farmácia de Deus e nossa horta é a dispensa do céu! Ainda me ensinou que tudo que as plantas falam e fazem é para o bem da vida.

No fim da tarde, fui caminhar pelo quintal desta comadre e não é que comecei a escutar as flores? ‘Fé” (iris); ‘bondade’ (jasmim); ‘paz’ (angélica); ‘luz’ (girassol). Percebi que a voz das flores torna o coração florido também. Desde então, nos momentos difíceis, vou ao jardim ou coloco flores em casa. Com cuidado elas seguram a minha mão e dizem: “plante o bem, o resto vem”. E no meu peito floresce uma nova confiança na vida.

Fonte: Revista Bons Fluidos de agosto 2013. Autor Carlos Solano. Texto adaptado.
WWW.vanessaarruda.com.br

Tags: , ,

Você pode acompanhar as respostas para este post assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar um comentário, ou trackback do seu site.

Deixe um comentário