junho 7th, 2010

Educação dos nossos filhos

 Um tema que não se esgota

 VAnesa Duguet Arruda

 

Já que na última edição falamos sobre a responsabilidade dos pais para melhorar o desempenho escolar dos filhos, é oportuno salientar o que as empresas podem fazer pela educação.

Ninguém mais tem dúvidas de que a Educação é o motor para o desenvolvimento de uma nação. Cidadãos mais instruídos são mais produtivos, votam melhor e dão maior valor às instituições democráticas. Dentro desta certeza, empresários e diversas instituições podem e devem fazer a diferença no cenário no qual estão inseridos. Criar e apoiar projetos educacionais é um benefício inquestionável para toda a comunidade.

E por que uma empresa deve fazer tal investimento?

Há diversas pesquisas que comprovam que o potencial produtivo de uma empresa está diretamente relacionado ao grau de instrução de seus empregados. Funcionários com boa formação fazem produtos melhores, são bem mais ágeis e seguros ao tomar decisões e executam uma tarefa em menos tempo. Quanto melhores forem às escolas de um País, mais qualificada será a mão de obra disponível para as empresas.

Sendo a educação a mola do crescimento de um País, entende-se que cidadãos bem formados são bem mais remunerados e consomem mais, fazendo a economia girar. Países que priorizaram o ensino de qualidade nas últimas décadas registraram um crescimento econômico acima da média. A melhoria da educação está ligada ao desenvolvimento da ciência e de novas tecnologias, fundamentais ao crescimento da economia.

E por fim, a sociedade como um todo sai ganhando. A oferta de educação de qualidade para todos os cidadãos ajuda a reduzir a pobreza, a fome, a discriminação, a violência e outros problemas sociais. Cidadãos mais instruídos dão maior importância às eleições, são menos suscetíveis ao discurso dos candidatos populistas e mais criteriosos na hora de escolher seus representantes.

 (Matéria publicada no Jornal Tribuna das Gerais, novembro/2009)

Você pode acompanhar as respostas para este post assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar um comentário, ou trackback do seu site.

Deixe um comentário