junho 17th, 2010

VAnessa Duguet Arruda

 

A minha animalidade

tem como ponto de referência

a repressão e a moralidade.

Sendo moralista não posso ser leviana.

Não sendo leviana não posso dar vazão às ações,

pois a minha conduta é imposta pela sociedade.

A minha inquietude começa a ter forças,

pois a ausência (a sua ausência) é massacrante.

Sou transparente.

levitra professional online buy uk

Esta transparência manifesta-se através dos

falsos risos e sonhos de aventuras perdidas.

Tudo isto merece um brinde.

Um brinde pra você

que se julga responsável por isto.

Um brinde para eles

que têm em mente planos fecundos de proibições.

Um brinde para mim

que em meio a moralidade

amo e sinto tolhida.

Um brinde a todos

que ditam normas e as julgam sábias.

Um desejo e um brinde:

         – Loucura para todos -.

Você pode acompanhar as respostas para este post assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar um comentário, ou trackback do seu site.

Deixe um comentário