maio 19th, 2010

 

VAnessa Duguet Arruda 

Dizem as cartas

que o amor está longe

e que dele vem,

pelos ares conduzidos,

um olhar enigmático

um sorriso divertido

um desejo discretamente

explicitado.

Advertem, porém, as cartas

que no universo dos encontros

virtual ou convencional

deparamos-nos com possibilidades

e fascínios que assustam.

Em contrapartida

fragilidade, intuição, sensibilidade

despertam os sonhos e desejos

que mesclados às palavras

escritas pelos dedos ágeis

e ávidos do sul,

ousam desafiar a distância

e o discernimento.

 (poema escrito em jan/2009)

Você pode acompanhar as respostas para este post assinando nosso RSS 2.0 feed. Você pode deixar um comentário, ou trackback do seu site.

Deixe um comentário